• Viagens

Assisti à cerimônia do Quarup no Xingu

Amigos,

hoje quero trazer um pouco das tradições indígenas brasileiras. Vocês já ouviram falar na cerimônia do Quarup? Ela acontece todo mês de agosto no Xingu e é realmente emocionante.

O meu amigo e cineasta Walter Palhares esteve na Aldeia Aweti, da tribo Mehinako, localizada no Alto Xingu e registrou o Quarup, uma celebração dedicada aos mortos ilustres realizado pelos povos indígenas da região. Em sua origem, o rito tinha a intenção de trazer os mortos de novo à vida.

As atividades da cerimônia do Quarup ocorrem ao longo de uma semana, porém nos dois dias finais, a aldeia que está realizando o evento abre as portas para tribos de outras aldeias. Esse é o momento mais especial, onde ocorre uma dança conjunta.

xingu_2 - cerimônia do Quarup

Na sequência, outros eventos homenageiam os mortos, como o corte do tronco de kuarup, árvore que dá nome à cerimônia indígena. Ele é, então, adornado para receber, de noite, a ressurreição simbólica do chefe homenageado pela tribo.

xingu_2 - cerimônia do Quarup

No dia seguinte, iniciam-se as competições de luta entre as tribos, para que todos os homens possam mostrar suas habilidades. Eles tingem a pele com urucum em um ritual, que tem ainda uma espécie de grito de guerra antes da batalha simbólica começar.

xingu_2 - cerimônia do Quarup

É claro que na cerimônia do Quarup não poderia faltar uma bela refeição e eu fiquei maravilhada com a tapioca que eles preparam. Ela fica molinha e é tostada em uma chapa. Me deu água na boca! Assistam ao vídeo que abre esse post para ficar também.

 

Continue lendo "Assisti à cerimônia do Quarup no Xingu"

Por: Silvana Tinelli

Nascida no Egito, mas com o coração dividido entre a Itália e o Brasil, Silvana Tinelli faz de tudo um pouco. Em sua rotina dinâmica, Silvana se divide entre suas paixões: a arte, a criação de suas cerâmicas, as viagens - com segredos que só ela conhece - os eventos com seus amigos, a fotografia e a gastronomia.