• Pets

Gata Choupette, a possível herdeira da fortuna de Karl Lagerfeld

Amigos, essa semana o mundo ficou um pouco menos irreverente, após a morte do querido estilista Karl Lagerfeld. Além da despedida desse grande mestre da Chanel, o noticiário ficou alvoroçado com a possibilidade de sua gatinha Choupette ser a única herdeira da fortuna milionária deixada por ele.

Foto Facebook Choupette

A gatinha que tem mais de 50 mil seguidores em sua conta no Twitter e quase 200 mil no Instagram era a paixão declarada de Lagerfeld que certa vez disse que “Choupette é uma menina rica, tem sua própria fortuna. Se acontecer alguma coisa comigo, a pessoa que cuidar dela não estará na miséria”. Daí toda a especulação para ser a única herdeira do estilista.

Mas, como nem tudo são flores, parece que a legislação francesa, local de falecimento de Lagerfeld, impossibilita a indicação da herança via testamento para animais. Isso tudo ainda é só especulação, mas se levarmos em consideração o amor um tanto quanto exagerado que o estilista sentia por sua gatinha, com certeza ele deve ter se atentado a essa proibição e provavelmente deixou bem encaminhado o futuro de Choupette.

Foto Facebook Choupette

Alguém terá que administrar o legado deixado à gata que tem conta no Banco e está acostumada com uma vida sofisticada. Choupette tem à sua disposição duas damas de companhia e um guarda-costas e fazia suas refeições à mesa junto ao seu amo, em uma vasilha de prata.

Foto Facebook Choupette

Me questiono, e quando a gata morrer, para quem ficaria essa fortuna toda? E será que se o estilista tivesse construído fortes laços afetivos com alguém, esse alguém não teria o prazer de cuidar de sua gata sem ser por dinheiro? Que solidão…

São nessas horas que percebemos como os animais são importantes para seus donos. Eu tenho muito amor por meus pets, adoro animais, mas com toda a miséria no mundo, penso ser um excesso e até cruel deixar uma fortuna para uma gata.

“Podemos amar os animais como membros da nossa família, mas não devemos deixar de ter fortes vínculos com pessoas”, explica veterinária Michele Sandrault sobre o assunto.

Sempre admirei o talento de Lagerfeld como estilista. Para mim ele era o melhor, mas essa obsessão por sua gata extrapolava alguns limites. O que choca não é deixar tudo para uma gata e sim saber que uma pessoa tão genial como ele não conseguiu construir laços importantes a não ser com a gatinha.

Excentricidades à parte, fica a pergunta no ar: Se fosse possível aqui no Brasil, você deixaria a sua herança para seu fiel companheiro?

Continue lendo "Gata Choupette, a possível herdeira da fortuna de Karl Lagerfeld"

Por: Silvana Tinelli

Nascida no Egito, mas com o coração dividido entre a Itália e o Brasil, Silvana Tinelli faz de tudo um pouco. Em sua rotina dinâmica, Silvana se divide entre suas paixões: a arte, a criação de suas cerâmicas, as viagens - com segredos que só ela conhece - os eventos com seus amigos, a fotografia e a gastronomia.