• Pets

Ciguatera, a toxina que envenena os peixes

Amigos, meu filho está com a família de férias no Caribe. Conversando com ele, me contou que, apesar do calor que faz por lá, não estão comendo peixe. Achei estranho já que praia e peixe combinam tanto. Imediatamente perguntei: por quê? Ele me falou sobre uma toxina chamada ciguatera que contamina a carne desses animais naquela área. Para os peixes, nada muda, mas para nós, meros seres humanos, é algo muito perigoso e dá origem a famosa intoxicação alimentar.

Garoupa

Fui pesquisar para saber mais a respeito e encontrei dados muito interessantes que divido com vocês agora. A ciguatera (a intoxicação alimentar) é causada por uma neurotoxina que está presente apenas em peixes de recife.

Enguia

O nome da doença é difícil, mas os sintomas são fáceis de identificar. Normalmente há o formigamento dos lábios, da boca e da língua, coceiras na pele, febre, calafrios, dores musculares e articulares, fraqueza muscular até chegar ao vômito e a diarréia.

Amberjack

A gravidade depende de vários fatores, mas sempre a recomendação é consultar um médico imediatamente ao perceber esses sintomas, ele saberá indicar o melhor tratamento.

O pior de tudo é que não há como saber se os peixes estão contaminados, por isso o melhor que temos a fazer é evitar comer espécies como barracudas, garoupas, ciobas, enguias, amberjacks, robalos, a cavala e até o atum. O que acontece é que esses peixes maiores se alimentam de peixes pequenos que vivem em recifes contaminados, aí não tem jeito, eles também são afetados pela toxina.

Barracuda

O que se sabe é que áreas como o Mar do Caribe, o Havaí e a costa da América Central são as mais preocupantes. Por isso meus amigos se vocês, como meu filho, estão programando uma viagem para essa região, muito cuidado! Fica aqui meu alerta!

Continue lendo "Ciguatera, a toxina que envenena os peixes"

Por: Silvana Tinelli

Nascida no Egito, mas com o coração dividido entre a Itália e o Brasil, Silvana Tinelli faz de tudo um pouco. Em sua rotina dinâmica, Silvana se divide entre suas paixões: a arte, a criação de suas cerâmicas, as viagens - com segredos que só ela conhece - os eventos com seus amigos, a fotografia e a gastronomia.