• Receitas

Como fazer o polpettone do Fasano

Amigos, em São Paulo tem um restaurante chamado Jardim de Nápoli que ficou famoso por causa do seu polpettone, prato típico italiano que eu adoro! Mas prefiro a versão de polpettone do Fasano e do Gero, porque não é frita, por isso trouxe o passo a passo para vocês.

O bacana é que essa receita permite muitas variações: o polpettone pode ser recheado de mozzarella de búfala ou com a amarela, que a gente encontra em qualquer supermercado e padaria. Para quem é intolerante à lactose, ele pode ainda ser recheado com queijo sem lactose.

Em termos de tamanho, depende da sua preferência: você pode fazer bolinhas pequenas e cozinhar no molho ou fazer uns bem grandões e caprichar no recheio.

 

 

Receita do polpettone do Fasano

Ingredientes:

1 kg de carne moída de primeira

1 cebola grande em cubinhos

100 g de azeite (cerca de ½ xícara)

2 ovos

250 gramas miolo de pão de forma umedecido no leite

1 lata de tomate sem pele em seu caldo

100 g de queijo parmesão ralado

400 g de mozzarella em cubinhos

Sal e pimenta-do-reino a gosto

 

Como fazer:

Refogue a cebola no azeite, coloque sal e pimenta-do-reino a gosto. Para a cebola cozinhar bem sem queimar, derrame ¼ de copo de água e aguarde evaporar. Vire o tomate e o caldo e deixe cozinhar em fogo baixo enquanto prepara o polpettone do Fasano.

À parte, em uma travessa de cerâmica ou bowl, misture com as mãos a carne moída, os ovos, o miolo de pão umedecido e o queijo parmesão. Trabalhe para amalgamar todos os ingredientes. Salgue a gosto. No vídeo, eu mostro duas formas de rechear o polpettone com os cubinhos de mozzarella: uma é fazendo um buraco no polpettone com os dedos e a outra é fazendo o bolo de carne em dois pedaços e colocar o queijo no meio. Acomode os polpettones em uma assadeira de vidro ou cerâmica, cubra com o molho de tomate e leve para assar no forno por cerca de 40 minutos.

 

 

 

Continue lendo "Como fazer o polpettone do Fasano"

Por: Silvana Tinelli

Nascida no Egito, mas com o coração dividido entre a Itália e o Brasil, Silvana Tinelli faz de tudo um pouco. Em sua rotina dinâmica, Silvana se divide entre suas paixões: a arte, a criação de suas cerâmicas, as viagens - com segredos que só ela conhece - os eventos com seus amigos, a fotografia e a gastronomia.