• Pets

Suprema Corte da Índia reconhece que pássaros têm direito à voar em liberdade

Amigos, em casa tenho dois papagaios e dois Loris que desde pequenos vivem em gaiolas. Gostaria de poder soltá-los, mas sei que, como são aves acostumadas a viver em cativeiro, elas não sobreviveriam um só dia sem os cuidados necessários. Soltá-las agora seria uma crueldade maior.

Essa situação de certa forma me incomoda, pois acredito que os pássaros e todos os outros animais têm o direito a “viver com dignidade”. Por isso, uma decisão da Suprema Corte da índia reconhecendo o direito à liberdade e dignidade dos pássaros me chamou a atenção.

Tudo aconteceu quando uma organização que trabalha pelos direitos dos animais, a People for Animals, buscou a chancela da Suprema Corte do País para proteger aves mantidas em cativeiro pelo vendedor Md Mohazzim. A Ong alegava que Mohazzim estava vendendo os pássaros em pequenas gaiolas sem comida ou água suficiente.

Por incrível que pareça, no julgamento de primeira instância a sentença foi favorável ao vendedor de aves e os animais retornaram à posse do algoz, sob a alegação de que Mohazzim estava apenas mantendo-as como animais de estimação.

Mas, a People for Animals, não se deu por vencida e recorreu ao Tribunal Superior conseguindo demonstrar que Mohazzim estava vendendo os pássaros para obtenção de lucro e negligenciando com os seus cuidados. As aves viviam em condições deploráveis e tudo foi comprovado com fotos.

Ao analisar o caso, o juiz do Supremo Tribunal Manmohan Singh não só reconheceu a crueldade que vinha sendo feita com os animais como também deu uma sentença histórica afirmando que “Tenho claro em minha mente que todos os pássaros têm os direitos fundamentais de voar nos céus e que os seres humanos não têm o direito de mantê-los presos em gaiolas para satisfazer os seus propósitos egoístas ou o que quer que seja”.

Que linda sentença, não é mesmo?Um grande ganho para humanidade. Ponto positivo para a Justiça indiana. Os pássaros e todos nós agradecemos!

Continue lendo "Suprema Corte da Índia reconhece que pássaros têm direito à voar em liberdade"

Por: Silvana Tinelli

Nascida no Egito, mas com o coração dividido entre a Itália e o Brasil, Silvana Tinelli faz de tudo um pouco. Em sua rotina dinâmica, Silvana se divide entre suas paixões: a arte, a criação de suas cerâmicas, as viagens - com segredos que só ela conhece - os eventos com seus amigos, a fotografia e a gastronomia.