• Pets

Porco pode ser bicho de estimação?

Amigos, há pouco mais de um ano, um dos meus netos pediu de presente um porquinho, que ele batizou de Peppa, por causa do desenho animado. Ficamos todos encantados porque era uma gracinha cor-de-rosa e esperta. Acontece que o bicho cresceu e acabamos levando-o para a fazenda, onde teria mais espaço para crescer livre. Mas desde então fiquei me perguntando: afinal, porco pode ser bicho de estimação? E fui conversar com a veterinária Izabelle de Oliveira a respeito. Ela é especializada no bicho e atende 80, apenas em São Paulo. Acompanhe nossa entrevista:

Izabelle e porco bicho de estimação
A veterinária Izabelle e um de seus pacientes

Porco pode ser bicho de estimação, principalmente em uma grande cidade?

Sim, desde que você tenha noções básicas das expectativas de peso e tamanho que o porco pode atingir. As informações da internet são muito vagas e o proprietário acaba se frustrando. É importante consultar um veterinário. Eu atendo porquinhos em vários bairros de São Paulo e todos eles são muito bem tratados, vacinados e alimentados. O que ainda falta é uma legislação para regulamentar essa criação de porcos em centros urbanos e isso seria importante, visto que eles demandam cuidados especiais.

 

É comum as pessoas criarem porcos em casa?

Este é um movimento recente e estamos trabalhando para mostrar isso. Tanto que em março de 2019 vai ter o primeiro Congresso Nacional de Miniporcos, onde vamos apresentar o primeiro miniporco brasileiro e o Ministério da Agricultura estará lá.

 

Existem diferentes raças de porcos?

Sim, falando em bichos de estimação existem três grandes criadores no Brasil que fazem cruzamentos e seleções para diminuir o tamanho. Mas são raças diferentes das criadas para abate. Não tem nada a ver com o porco que a gente come.

 

É possível domesticar um porco?

Sim, ao longo da história, ele começou a ser domesticado mais ou menos na mesma época em que o homem domesticou o cão – há cerca de 10.000 anos. Só que o porco foi domesticado para servir de alimento ou prestar serviços (como a caça de trufas) e o cão, de guarda e companhia.

 

Como surgiu o miniporco?

A história foi a seguinte: em 1986, o pesquisador Tumbleson começou a defender o suíno como modelo de experimento para a cirurgia humana. Hoje em dia tem até transplante de válvula cardíaca de suínos para humanos. Só que era muito difícil pegar e manipular um porco adulto – que pode chegar a 400 quilos. Então, na faculdade de Minnesota nos Estados Unidos, eles começaram a criar uma variedade de suíno que seria menor, no padrão de um ser humano (com 70 a 100 quilos). Chegaram, então, em um porco em miniatura, que despertou o interesse das pessoas. Elas perceberam que um porco pode ser bicho de estimação.

 

Existe algum segredo para manter um porco como bicho de estimação?

O porco é extremamente adaptável e consegue viver tanto em uma fazenda quanto em um apartamento. Mas ele requer atenção e espaço. É fácil de domesticar por ser muito inteligente – mais que um cachorro – porém o proprietário precisa ter tempo e se dedicar. Ter um porco em casa é como ter uma criança de três anos pra sempre. É preciso reforçar o aprendizado dele porque é teimoso. Dar limites é mais difícil. Além disso, porco vive para comer: então eles aprendem sozinhos a abrir fogão, geladeira e armário. Então uma dica que eu dou é ter um portão na cozinha para mantê-los longe dali.

 

 

Serviço:

Izabelle Joanny de Oliveira, veterinária especializada em porcos

Contato: (11) 97632-3557

Instagram: @izabelle.19

 

 

Continue lendo "Porco pode ser bicho de estimação?"

Por: Silvana Tinelli

Nascida no Egito, mas com o coração dividido entre a Itália e o Brasil, Silvana Tinelli faz de tudo um pouco. Em sua rotina dinâmica, Silvana se divide entre suas paixões: a arte, a criação de suas cerâmicas, as viagens - com segredos que só ela conhece - os eventos com seus amigos, a fotografia e a gastronomia.