• Entrevistas

Síndrome de Asperger: do diagnóstico ao futuro

Amigos, vocês já ouviram falar na Síndrome de Asperger? Ela é uma condição psiquiátrica que faz parte do espectro autista. Trata-se de um transtorno de desenvolvimento que afeta a capacidade de se socializar e de se comunicar com eficiência e mais de 150 mil casos são diagnosticados por ano no Brasil.

Por meio de um conhecido em comum, eu soube do lindo trabalho do André Minioli, pai do Dudu, que descobriu a Síndrome de Asperger no filho há cerca de 10 anos. Eu resolvi conversar com ele para saber mais:

“Aos dois ou três anos de idade, a gente começou a reparar que ele tinha umas questões relacionadas às brincadeiras que ele fazia. Ele brincava por muito tempo, obsessivamente, com alguns brinquedos. E também não socializava muito com outras crianças. Aí foi no início da vida escolar que começamos a perceber que algo não ia bem”, ele me disse.

Foi quando o André e a esposa dele, que também é advogada, decidiram procurar um psiquiatra que trouxe o diagnóstico: síndrome de Asperger. Assim que descobriram, os pais providenciaram um acompanhamento psicológico e a vida do menino mudou.

Eu fiquei maravilhada não apenas com a capacidade e o carisma dele, mas também com o fato de esse pai transformar o que muita gente veria como um problema, uma dor, em uma motivação para fazer bem ao próximo. Ele é o representante no Brasil de uma empresa dinamarquesa, a Specialisterne, especializada em colocar no mercado de trabalho pessoas com autismo.

Bem, já deu pra ver que tem muita curiosidade nessa entrevista, né? Por isso, convido vocês a assistirem a esse vídeo.

Continue lendo "Síndrome de Asperger: do diagnóstico ao futuro"

Por: Silvana Tinelli

Nascida no Egito, mas com o coração dividido entre a Itália e o Brasil, Silvana Tinelli faz de tudo um pouco. Em sua rotina dinâmica, Silvana se divide entre suas paixões: a arte, a criação de suas cerâmicas, as viagens - com segredos que só ela conhece - os eventos com seus amigos, a fotografia e a gastronomia.