• Entrevistas

Francisco Sena e histórias fantásticas da Bahia

Não é sempre que a gente tem o privilégio de conhecer um lugar importante para o nosso país com a companhia de quem entende do assunto. Na minha última viagem à Bahia, eu visitei a Basílica Nossa Senhora da Conceição da Praia, em Salvador, junto com o arquiteto e historiador Francisco Sena e ele me contou histórias fantásticas.

“O primeiro governador-geral do Brasil, Tomé de Sousa, que chegou aqui em 1549, ordenou que se construísse uma capelinha na praia em louvor à padroeira de Portugal, Nossa Senhora da Conceição. Então se fez uma choupana, que mais tarde foi substituída por uma igreja de pedra no início do século XVII”, explica.

Na sequência, irmandades de Salvador encomendaram de um entalhador português toda a cantaria* da igreja. E ela veio pronta, só para ser montada aqui, como um Lego. E isso em 1739. Mas ela levou 110 anos para ser finalizada.

Nossa Senhora da Conceição se tornou padroeira da Bahia e o legado do mestre José Joaquim da Rocha está até hoje no teto dessa igreja lindíssima. Essa pintura define o início da Arte Barroco brasileira e é uma das obras ilusionistas mais importantes da Bahia. Olhar para ela é ter uma ilusão de ótica.

Assista às histórias fantásticas de Francisco, que conta ainda sobre uma baiana nobre, a Irmã Dulce, que está em processo de santificação:

 

*Nota da editora: Cantaria é o ofício ou arte de talhar blocos de rocha bruta de forma a constituir sólidos geométricos

Continue lendo "Francisco Sena e histórias fantásticas da Bahia"

Por: Silvana Tinelli

Nascida no Egito, mas com o coração dividido entre a Itália e o Brasil, Silvana Tinelli faz de tudo um pouco. Em sua rotina dinâmica, Silvana se divide entre suas paixões: a arte, a criação de suas cerâmicas, as viagens - com segredos que só ela conhece - os eventos com seus amigos, a fotografia e a gastronomia.