• Entrevistas

A cientista Lygia da Veiga Pereira explica o caso das gêmeas transgênicas

Amigos, na última semana não se falou em outro assunto se não o caso do cientista chinês He Jiankui que diz ter alterado o gene de duas meninas gêmeas, enquanto ainda eram embriões, para evitar que contraíssem o vírus HIV.

O assunto é um tanto complicado para entender quando não se é da área científica, então, convidei a minha grande amiga e cientista Lygia da Veiga Pereira Carramaschi, para tomar um café e me explicar o que realmente aconteceu lá na China.

De uma maneira fácil, que só ela sabe fazer, explicou que já existem pesquisas de mutação de gene de pessoas adultas, mas nunca se havia ouvido falar de uma mutação em embriões.

“Existe um consenso mundial de que a gente não pode alterar o óvulo ou o espermatozoide, porque se der alguma coisa errada, essas modificações vão ser passadas para as próximas gerações. Cria-se um enorme risco para o futuro”, explica.

O assunto ainda tem muito a ser discutido, ela me explicou nos mínimos detalhes tudo o que aconteceu e agora consigo compreender o tamanho do problema que esse chinês criou.

A conversa estava muito boa, então aproveitei para perguntar sobre como andam as pesquisas no Brasil. “Trabalhar no Brasil é uma coisa que não é para os fracos. Mas, a questão é que temos pessoas muito capazes e inteligentes. O problema é que o país não valoriza a ciência”, desabafa.

Como o assunto do nosso encontro era o DNA, e eu curiosa que sou, já fiz o meu mapa genético, perguntei justamente o que hoje realmente podemos saber de nossa memória genética. Quer saber o que ela tem para dizer sobre isso? Assista o vídeo, você vai se surpreender.

Continue lendo "A cientista Lygia da Veiga Pereira explica o caso das gêmeas transgênicas"

Por: Silvana Tinelli

Nascida no Egito, mas com o coração dividido entre a Itália e o Brasil, Silvana Tinelli faz de tudo um pouco. Em sua rotina dinâmica, Silvana se divide entre suas paixões: a arte, a criação de suas cerâmicas, as viagens - com segredos que só ela conhece - os eventos com seus amigos, a fotografia e a gastronomia.