• Arte & Artesanato

Hercule Florence, o criador da fotografia

Amigos, muitos podem desconhecer a história de vida de Antoine Hercule Romuald Florence (1804-1879). Até pouco tempo atrás esse gênio das invenções também era desconhecido por mim, que amo fotografia. Mas, vocês acreditam que uma de suas invenções, foi justamente a fotografia? Sim, isso mesmo, a phototographie, como ele mesmo intitulou.

Índia Apiacá, por Hercule Florence

Digo uma de suas invenções, pois esse francês, nascido em Nice, que chegou ao Brasil com apenas 20 anos, tem um currículo de deixar qualquer contemporâneo de boca aberta. Conhecido na história como apenas Hercule Florence, o inventor deixou sua marca como desenhista, polígrafo e o seu feito mais importante foi justamente o pioneirismo na fotografia franco-brasileira.

Apiacás, por Hercule Florence

Posso dizer que esse homem foi um grande aventureiro. Florence aceitou um convite para explorar o “Novo Mundo” e chegou ao Rio de Janeiro, em 1824. Já na capital do Brasil da época, recebe um novo convite: participar da famosa Expedição Langsdorff no Rio Tietê, saindo de Porto Feliz, rumo ao norte do Brasil. Sua função era ser o segundo desenhista da viagem.

Índio Mundurucu, por Hercule Florence

O trabalho realizado pelo francês nessa expedição é um dos documentos mais realistas do Brasil do século XIX. A partir de seus desenhos é que se pôde catalogar animais e tribos indígenas brasileiras. Foi nessa viagem que Florence percebe que seria incrível criar um método para registrar, de forma rápida, imagens reais.

Photographie. Cópia desenhada por Arnaldo Machado Florence, a partir do original de Hercule Florence. Coleção AMF/Acervo IHF

Na época, muitos cientistas estavam testando a luz como meio de imprimir imagens reais, esses acontecimentos ocorriam principalmente no centro do mundo, a França. Entretanto, é dado a Florence o crédito da criação do termo phototographie, em 1834, cinco anos antes de Louis Jacques Mandé Daguerre cunhar a primeira patente para o processo fotográfico.

Texto original, Hercule Florence

A sua falta de sorte foi estar justamente no país tupiniquim, por este motivo, apesar de muito empenho, Florence não conseguiu ter seu feito reconhecido em vida. Somente em meados de 1976 o método fotográfico de Florence foi comprovado cientificamente por Boris Kossoy, um grande pesquisador brasileiro e emérito historiador da fotografia brasileira. Foi a partir das pesquisas e dos testes realizados por Kossoy, que Hercule Florence tornou-se internacionalmente conhecido.

Fotografia. Conjunto de rótulos para frascos farmacêuticos. Vila de São Carlos (Campinas), SP 1833. Acervo IMS/RJ

Florence morreu em 27 de março de 1879, aos 75 anos, na cidade de Campinas, no interior paulista. Seu legado está todo registrado em seus diários e livros perfeitamente conservados.

Sua vida é recheada de invenções incríveis e, para quem se encantou com a história desse gênio, encontrei um pequeno documentário que registra um pouco da vida desse grande homem. Assistam, vocês vão se encantar com tamanha genialidade.

Continue lendo "Hercule Florence, o criador da fotografia"

Por: Silvana Tinelli

Nascida no Egito, mas com o coração dividido entre a Itália e o Brasil, Silvana Tinelli faz de tudo um pouco. Em sua rotina dinâmica, Silvana se divide entre suas paixões: a arte, a criação de suas cerâmicas, as viagens - com segredos que só ela conhece - os eventos com seus amigos, a fotografia e a gastronomia.