• Arte & Artesanato

As cerâmicas de Cunha

Cunha é uma cidade supercharmosa, a cerca de 220 quilômetros de São Paulo, conhecida pela sua paisagem – inclusive os campos de lavanda –, por seus pratos típicos e pelo seu artesanato, sobretudo as cerâmicas. O Festival da Cerâmica, por exemplo, é uma atração que acontece no mês de outubro. Este ano começou no último dia 11 e vai até 3 de novembro e eu estive lá.

Uma das coisas mais bacanas que vi foi a cerimônia da Queima Coletiva, quando se abre a Fornada Noborigama. Para vocês entenderem, esse cerimonial surgiu em Kyoto, no Japão, junto com a cerimônia do chá. O próprio forno Noborigama foi trazido do Japão em 1975 para Cunha e produz cerâmicas de excelência.

É lindo de ver e eu acabei filmando para vocês. As cerâmicas são levadas ao forno e o fogo é alimentado com serragem. Depois, as peças passam por tonel de água fria para interromper a queima. Pessoas de todas as idades vão à rua para acompanhar o ritual, que resulta em peças delicadas e belíssimas, em diversas cores.

Continue lendo "As cerâmicas de Cunha"

Por: Silvana Tinelli

Nascida no Egito, mas com o coração dividido entre a Itália e o Brasil, Silvana Tinelli faz de tudo um pouco. Em sua rotina dinâmica, Silvana se divide entre suas paixões: a arte, a criação de suas cerâmicas, as viagens - com segredos que só ela conhece - os eventos com seus amigos, a fotografia e a gastronomia.